Com quem você escolhe dividir sua energia?

Tempo de leitura: 3 minutos

Já parou para pensa com quem você escolhe dividir sua energia? Quem está trocando energia com você neste exato momento? Com quem você relaciona, seja na vida amorosa, social ou familiar? São pessoas que doam que tipo de energia?

Provavelmente você nunca tenha parado para pensar nisso, afinal, estamos o tempo todos nos relacionando e acreditando, inclusive, que muitos desses relacionamentos são inevitáveis.

Porém, nós temos o controle sobre a escolha dessas relações. Bom, pelo menos deveríamos ter.

Com quem você escolhe dividir sua energia?

Hoje vamos conversar sobre com quem estamos dividindo nossa energia. Veja bem a palavra “escolhe”, porque é isso mesmo. E, já que é você quem escolhe pode e deve mensurar o valor dessa escolha.

Existem pessoas que somam na vida da gente. Trazem mais afeto, amor, carinho, motivação, alegria e um tanto de coisa boa. São energias positivas que nos fortalecem.

Já outras nos trazem energias densas, baixas vibrações como ciúme, inveja, pessimismo, maledicência, e por aí vai.

É de extrema importância que saibamos o lugar dessas pessoas em nossa vida. Por vezes nos relacionamos com pessoas de baixa vibração e acabamos entrando em uma sintonia inferior a que desejamos estar. São parcerias que nos traz problemas de todos os tipos.

Mas e agora? O que fazer se uma pessoa com a qual nos relacionamos suga nossas forças?

Separamos algumas dicas para identificar essas companhias. E não se assuste se a melhor saída for de fato se afastar. Se chegar a esta conclusão não hesite.

Viver bem e se relacionar com pessoas energeticamente saudáveis não tem preço e, inclusive, faz parte de um plano de vida mais feliz.

O ideal é evitar apegar-se a quem escolheu viver no negativismo, pois depois que nos apegamos fica mais difícil se desvencilhar, principalmente porque nos encontraremos energeticamente aprisionados a essa pessoa e, acredite, não é nada fácil se libertar.

1. Não acreditam que são suficientemente boas

E por isso, sentem inveja de quem são. Elas não acreditam que podem se sair bem em alguma coisa, ou não conseguem sentir amor por si mesmas ou por qualquer coisa que diga respeito a elas. Sendo assim, desenvolvem emoções nocivas, dentre elas a inveja.

2. Se sentem vítimas do mundo

Não têm capacidade de assumir os próprios fracassos. Culpam a Deus, o mundo e qualquer um que tenha mais sucesso que elas. São pessoas perigosas, pois jogam nos outros a responsabilidade que cabe a elas.

3. Vivem de mau humor

Geralmente estão de mau humor, mas fique de olho, pois muita gente exibe sorrisos e “pelas costas” desejam todo tipo de maldade. O mau humor é um sinal, mas não quer dizer que toda pessoa mau humorada é negativa. Fique de olho.

Além das características acima, também podemos citar:

  • alimentam discórdia;
  • sentem-se superior às demais;
  • não se alegram com a felicidade alheia;
  • não reconhecem o lado positivo das situações;

Depois de ler esse artigo tenho certeza que reconheceu algumas dessas pessoas. Muito cuidado! Mantenha cautela e previna-se para que a vibração alheia não interfira na sua.

Gostou do texto? Descobriu com quem você escolhe dividir sua energia? Então compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Até a próxima!