Cuidar da vida dos outros não traz felicidade

Tempo de leitura: 2 minutos

Deixe ao outro a responsabilidade sobre a vida dele, assim como a você cabe a responsabilidade sobre sua vida. Julgamentos, opiniões e críticas devem ficar apenas com você. Porque uma coisa é certa: cuidar da vida dos outros não traz felicidade!

Pare de cuidar da vida dos outros

Quando fazemos isso, atraímos cargas negativas. Esse é, inclusive, comportamento é próprio de quem não quer olhar para a própria vida.

Cada um é um imenso mar de qualidades e defeitos. Temos muito trabalho a fazer e por todo uma vida relacionado a nós mesmos. Mas, na maioria das vezes deixamos o trabalho que nos compete de lado e vamos olhar e julgar a vida do outro.

Como você vai construir a própria felicidade se se detém em reparar a vida alheia? Na verdade, quem faz isso não é capaz de ser feliz, pois está ocupada demais com outras coisas.

Quando uma pessoa decide mudar e ser feliz a primeira coisa que faz é olhar para si. Ela decide se amar e aceita realizar as mudanças necessárias para que isso aconteça. Ela deixa que ao outro fique a responsabilidade pela vida dele.

Essa pessoa descobre que há muito trabalho a se fazer. Reconhece que é mudando a si mesmo que as coisas ao seu redor irão mudar. Então, faz sentindo reparar a vida do outro? Não mesmo.

Deixemos a vida do outro com ele. Vamos cuidar da nossa plantação e deixar que o jardim do outro seja arado e cuidado por ele mesmo. A nós cabe o cuidados com as nossas relações, a administração das nossas questões íntimas, a realização dos nossos sonhos e as nossas conquistas.

Quando reparamos a vida dos outros cometemos um pecado contra nós mesmos: estamos deixando de lado nossa própria vida. Ela fica abandonada e todo nosso potencial de realização é adiado.

Se você quer ser feliz, seja. Não adianta achar que vai fazer fulano ou beltrano feliz. Temos a mania de achar que podemos fazer os outros felizes. Preocupemo-nos com a nossa felicidade e ela, por si, se estenderá até as pessoas que amamos.

Sorry, mas quem repara a vida do outro não pode ser uma pessoa feliz! Vamos parar de cuidar da vida dos outros, pois a nossa já dá muito trabalho.